30/06/2022 às 07h07min - Atualizada em 30/06/2022 às 07h07min

Presidente da Caixa pede demissão após acusações de assédio sexual

g1
presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, pediu demissão  hoje à tarde depois de ter sido acusado de assédio sexual por funcionárias. Em carta entregue ao presidente Jair Bolsonaro, de quem é um dos aliados mais próximos no governo, Guimarães negou as denúncias, que foram publicadas ontem pelo site Metrópoles e confirmadas pela TV Globo. O Ministério Público Federal investiga o caso, que está sob sigilo e também motivou apuração preliminar do Ministério Público do Trabalho no Distrito Federal. Em um evento em Brasília antes de oficializar o pedido de demissão, sem citar especificamente as acusações, Guimarães disse que sua vida é "pautada pela ética" . Segundo relato de três ex-integrantes de conselhos da Caixa ao Blog da Ana Flor, o comando do banco sabia dos relatos de assédio e acobertou  os episódios. Os primeiros relatos chegaram aos canais oficiais ainda em 2019, quando Guimarães assumiu a presidência. Segundo as vítimas, quem aceitava não levar adiante as denúncias era transferido, assumia cargo em outras instituições públicas ou passava temporadas em cursos no exterior. Já as pessoas que ajudavam a abafar os incidentes chegaram a ganhar promoção.
 
 
"Comigo foi em viagem. Nessas abordagens que ele faz pedindo, perguntando se confia, se é legal. Abraços mais fortes, [dizendo] 'me abraça direito'. E, nesses abraços, o braço escapava e tocava no seio, nas partes íntimas atrás. Era dessa forma", afirmou uma das funcionárias da Caixa, que preferiu não se identificar.

▶️

▶️

 Guimarães é um dos aliados mais próximos de Bolsonaro no governo


▶️

▶️

 Acusado já chamou auxílio de 'molezinha'; veja outras polêmicas

▶️

▶️

 Antes da demissão, funcionárias fizeram protesto na sede da Caixa


▶️

▶️

 Secretária e braço direito de Guedes é nomeada para substituir acusado

 Relatos:
 Análises

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://magoonews.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp