18/09/2021 às 21h58min - Atualizada em 19/09/2021 às 00h00min

Eu entro com o violão, você com o macarrão, e a gente faz uma história

Passados 22 anos da morte do avô, Antonio ainda telefona todos os dias para a nonna

Opinião
https://redir.folha.com.br/redir/online/opiniao/rss091/*https://www1.folha.uol.com.br/colunas/nosso-estranho-amor/2021/09/eu-entro-com-o-violao-voce-com-o-macarrao-e-a-gente-faz-uma-historia.shtml

Minha irmã entrou no quarto e viu que Antonio estava arrumando uma mala. Chegou mais perto e enxergou que dentro dela o filho tinha colocado uniformes da escola, um par de tênis e uma escova de dentes solta entre camisetas e bermudas. Ficou intrigada com a cena protagonizada pelo garoto de quatro anos.
Leia mais (09/18/2021 - 21h58)

Fonte: https://redir.folha.com.br/redir/online/opiniao/rss091/*https://www1.folha.uol.com.br/colunas/nosso-estranho-amor/2021/09/eu-entro-com-o-violao-voce-com-o-macarrao-e-a-gente-faz-uma-historia.shtml
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://magoonews.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp