25/03/2022 às 16h05min - Atualizada em 27/03/2022 às 00h00min

Pela Libertadores, América conhecerá mais dois estádios sul-americanos

Coelho viajará ao Equador para enfrentar o Independente Del Valle e à Colômbia para encarar o Tolima

Superesportes
https://www.mg.superesportes.com.br/app/noticias/futebol/america-mg/2022/03/25/noticia_america_mg,3964607/pela-libertadores-america-conhecera-mais-dois-estadios-sul-americanos.shtml
O América está na Chave D da Copa Libertadores desta temporada. Em sua inédita participação na fase de grupos da competição continental, o Coelho enfrentará, além do Atlético, o Independente Del Valle, do Equador, e o Tolima, da Colômbia. Sendo assim, conhecerá pelo menos mais dois novos estádios sul-americanos.
 
 
O clube mineiro medirá forças com o Independente Del Valle no estádio Banco Guayquil, em Sangolquí, localizado na região metropolitana da capital Quito. A moderna arena, inaugurada em março do ano passado, recebeu apenas cinco jogos do time equatoriano até o momento.  
 
Nessas ocasiões, o Del Valle não teve bom desempenho. As únicas vitórias do clube foram contra Delfín (2 a 0) e Aucas (1 a 0), pelo Campeonato Equatoriano do ano passado e desta temporada, respectivamente. Depois, sofreu duas derrotas para RB Bragantino (1 a 0), pelas oitavas de final da Sul-Americana de 2021, e Emelec (1 a 0). Além disso, empatou com Orense (1 a 1), também pelo campeonato nacional.
 
Em seu outro confronto internacional, o América conhecerá o estádio Manuel Murillo Toro, localizado em Ibagué, na Colômbia. O local é casa do Tolima desde 20 de julho de 1955, quando foi inaugurado.
 
Nesses 66 anos de existência, o estádio foi importantíssimo para o clube na conquista do Campeonato Colombiano (2003, 2018 e 2021), da Copa da Colômbia (2014) e da Primeira B (1994).
 
 
 

Banco Guayquil

 
O Independente Del Valle foi o primeiro time do Equador a ter o estádio nomeado com naming rights. O clube firmou um acordo de cinco anos com o Banco Guayaquil pela nomenclatura.
 
A arena com capacidade para 12 mil torcedores foi construída com recursos do próprio clube e da empresa parceira. Ela teve custo estimado de US$ 12 milhões (cerca de R$ 64,5 milhões).
 
Nos Liberadores, no entanto, o Del Valle poderá mandar seus jogos na arena apenas na fase de grupos, cuja capacidade mínima é de 10 mil torcedores. Se avançar às oitavas de final, terá que trocar de casa, pois a Conmebol exige que os jogos sejam em estádios que recebam no mínimo 20 mil espectadores.
 

Estádio Manuel Murillo Toro

 
O estádio do Tolima mudou de nome várias vezes ao longo de sua história. Inicialmente chamado de Gustavo Rojas Pinilla em homenagem ao então Presidente Geral da República. Posteriormente, passou a ser conhecido como São Bonifácio em alusão à cidade, fundada como San Bonifacio de Ibagué.
 
Atualmente, o nome do estádio presta homenagem ao escritor e político colombiano Manuel Murillo Toro, que foi Presidente da República entre os anos de 1864 e 1866 e 1872 e 1874.
 
A casa do Tolima foi projetada para receber 31 mil torcedores, mas normalmente apenas 28 mil ingressos são colocados à venda para as partidas da equipe colombiana.
 

Histórico do América na Libertadores

 
O América conseguiu um feito histórico no ano passado. Ao terminar o Campeonato Brasileiro na oitava posição, com 53 pontos, conseguiu uma vaga inédita à Libertadores. Porém, teve que iniciar a disputa do torneio nas fases iniciais.
 
Em seu primeiro embate na competição, o Coelho enfrentou o Guaraní, do Paraguai, pela segunda fase. No jogo de ida, no estádio Independência, em Belo Horizonte, derrota por 1 a 0. Mas a redenção aconteceu na partida de volta no estádio Defensores del Chaco, em Assunção: vitória por 3 a 2 e classificação nos pênaltis (5 a 4).  
 
 
 
Na terceira etapa, o adversário foi o Barcelona, do Equador. No duelo de ida, também no Independência, o América segurou o empate por 0 a 0. Após novo empate por 0 a 0 no jogo de volta, mas dessa vez no estádio Monumental Isidoro Romero Carbo, em Guayaquil, a classificação foi resolvida nos pênaltis. E, de forma heróica, o Coelho venceu por 5 a 4.
 
 
 
Agora, o Coelho aguarda a definição das datas e horário dos jogos da fase de grupos para dar início à terceira parte de sua caminhada internacional. Até agora, a Conmebol divulgou apenas um calendário preliminar com as semanas em que cada confronto ocorrerá.
 
O que se sabe é que a estreia do América na Libertadores será na semana do dia 5 de abril.
 
Antes disso, o Coelho enfrentará o Tombense neste sábado (26), às 11h, no estádio Castor Cifuentes, em Nova Lima, pelo jogo de volta da semifinal do Troféu Inconfidência, e o Athletico-PR na próxima segunda-feira (28), às 20h, na Arena da Baixada, em Curitiba, em partida amistosa.
 

Veja a seguir as datas dos jogos da fase de grupos:

 
  • 1ª rodada – entre os dias 5 e 7 de abril  
  • 2ª rodada – entre os dias 10 e 12 de abril
  • 3ª rodada – entre os dias 26 e 28 de abril
  • 4ª rodada – entre os dias 3 e 5 de maio
  • 5ª rodada – entre os dias 17 e 19 de maio
  • 6ª rodada – entre os dias 24 e 26 de maio


Fonte: https://www.mg.superesportes.com.br/app/noticias/futebol/america-mg/2022/03/25/noticia_america_mg,3964607/pela-libertadores-america-conhecera-mais-dois-estadios-sul-americanos.shtml
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://magoonews.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp