25/03/2022 às 08h38min - Atualizada em 25/03/2022 às 08h38min

Bravo! Indica

Semana de 25 a 31 março

Bravo
Bravo
Bravo
     

ATIVIDADES PRESENCIAIS

A Pinacoteca de São Paulo inaugura amanhã (26/3) a mostra Adriana Varejão: Suturas, Fissuras, Ruínas, a exposição mais abrangente já realizada sobre a obra da artista, reunindo mais de 60 trabalhos sob a curadoria de Jochen Volz. Na foto de Sérgio Guerini, a obra Azulejos.

De hoje a domingo (25 a 27/3), a Osesp, sob a batuta do regente Alexander Shelley, recebe o pianista espanhol Javier Perianes. Serão apresentadas as estreias no país das obras da norte-americana Jessie Montgomery e do peruano Jimmy López.

Já pra quem curte grandes festivais, esse é o fim de semana do Lollapalooza, de sexta a domingo, com destaque para shows de Strokes, A$AP Rocky, Miley Cyrus e Foo Fighters.

Também de hoje a domingo, no Sesc Avenida Paulista, tem o segundo fim de semana do Música Estranha Festival com Taxidermia (25/3), Matheus Leston (26/3), ambos às 20h30, e Orquestra Laboratório Bastet (27/3) às 17h30.

De 27 de março a 21 de abril começa o Rock Brasil 40 Anos, festival que vai realizar inúmeros shows com nomes do rock nacional dos anos 80, exposições, musicais e mostra de cinema. No Memorial da América Latina e no CCBB.  

Na sexta (26/3), a partir das 22h, Marina Lima apresenta o show Nas Ondas de Marina na festa MUG no Rio de Janeiro. No mesmo dia, na Áudio Rebel, tem show de Negro Leo com Felipe Neiva e Caxtrinho.

Começa na segunda (28/3), a 30ª edição do Festival de Curitiba. Deborah Colker, Gerald Thomas, Gabriel Villela, Emicida, Grupo Galpão, Cia. dos Atores, Armazém Cia. de Teatro, Mateus Solano, Denise Stoklos, Laila Garin, Denise Fraga, Parlapatões, Luis Miranda, Luís Melo, Vladimir Brichta e Guta Stresser são alguns dos nomes confirmados na programação deste ano.


 

LIVROS

 
 

Engenheiro Fantasma, Fabrício Corsaletti (Companhia das Letras)
Ao longo de 56 sonetos, o paulista combina a sua poesia com a de Bob Dylan para narrar um exílio imaginário do letrista (e Nobel de Literatura) em Buenos Aires, percorrendo bares, cafés, museus e bairros da cidade.

Cartas de Amor em Despedida, Bárbara Mazzola (Pássaro Produções)
Uma escrita sobre o momento do fim do amor. Cartas nunca antes enviadas, mas agora endereçadas a todos nós. A autora passeia na fronteira entre realidade e ficção e nos faz lembrar do amor com celebração e melancolia, sim e não, início e fim.

O Coração é o Último a Morrer, Margaret Atwood (Rocco)
A autora de O Conto de Aia volta à distopia com um mundo abalado por um grande colapso econômico e social. Nele, o casal Charmaine e Stan adere ao Projeto Positron, que lhes oferece uma vida confortável em troca da liberdade.

Fooquedeu, Nuno Ramos (Todavia)
Com textos curtos escritos entre a véspera do impeachment de Dilma Rousseff e após a eleição de Bolsonaro, este “diário” de uma época dura transita entre a poesia e o cinema, entre a violência e a radical politização da vida no Brasil.


DISCOS

 

 
 

In/Out/In, Sonic Youth (Three Lobed Recordings)
Para quem ainda sente falta da banda, esse novo álbum é um presente. São cinco faixas, predominantemente instrumentais, gravadas em diferentes sessões entre 2000 e 2010. Elas mostram um lado que sempre foi evidente na discografia do Sonic Youth desde seu primeiro disco: as jams tortas, cheias de espaço e inventividade.

A Toada Vem é Pelo Vento, Luiza Brina (Dobra)
Lançado há 10 anos, o disco de estreia de Luiza Brina ganha uma nova versão em digital e vinil. Além de remasterizar essa leva de canções influenciadas por Bahia e Maranhão, a nova versão traz parcerias inéditas: Back In Bahia, com Castello Branco, Somos Só, com Ana Frango Elétrico, e a faixa-título, com Zé Manoel.

Jacob's Ladder, Brad Mehldau (Nonesuch Records)
A imagem bíblica da escada para o paraíso emoldura com perfeição essas canções, que têm na voz o principal elemento de transcendência. Alternando entre piano e sintetizadores, o disco é aberto a diferentes estilos e traz uma versão incrível de Tom Sawyer, do Rush, e até uma canção brasileira, cantada pelo guitarrista Pedro Martins.

The Tipping Point, Tears for Fears (TFF UK, LLC)
São 18 anos sem gravar nada novo, mas Roland Orzabal e Curt Smith voltam com mais um bom disco pop, que remete ao começo da new wave dos anos 80. O jogo entre guitarra e sintetizadores continua central, mas dá para dizer que o outro ponto que distinguia a banda, as harmonias vocais, está um pouco mais tímido nesse disco. 


FILMES

 
 

A Pior Pessoa do Mundo, Joachim Trier (Cinemas)
Renate Reinsve ganhou o prêmio de melhor atriz em Cannes por sua interpretação de Julie, jovem que encarna as ansiedades da geração millennial sobre a vida amorosa e profissional. O longa norueguês concorre a dois Oscars.

A Mulher de um Espião, Kiyoshi Kurosawa (Cinemas)
Mais conhecido por renovar o cinema de terror japonês, Kurosawa ganhou o Leão de Prata em Veneza por este drama histórico ambientado nos anos 1940, durante a Segunda Guerra. Ryusuke Hamaguchi colabora com o roteiro.


SÉRIES

 
 

Não Foi Minha Culpa, Alicia Flores, Ana María Parra e Emilia Saldi (Star+)
A série mexicana aborda a temática do feminicídio e de pessoas afetadas por todo tipo de violência de gênero, adaptando histórias baseadas em crimes reais. Tem um enredo diferente em cada um dos dez episódios, ao mesmo tempo que apresenta uma história central que atravessa toda a temporada.

WeCrashed, Lee Eisenberg e Drew Crevello (Apple TV+)
Baseada no podcast de mesmo nome, a trama conta sobre a história da fundação da empresa WeWork, que de início parecia um projeto inovador e que ganhou grande visibilidade como start-up, mas depois acabou falindo de forma memorável.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://magoonews.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp