17/03/2022 às 07h32min - Atualizada em 17/03/2022 às 07h32min

Biden chama Putin de 'criminoso de guerra', e Rússia diz que fala é 'imperdoável'

g1
g1
No 21º dia de conflitos na Ucrânia , o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, chamou Vladimir Putin, da Rússia, de "criminoso de guerra". Ele fez o comentário após anunciar uma ajuda militar de mais US$ 800 milhões para os ucranianos. O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, respondeu dizendo que as falas são "inaceitáveis e de uma retórica imperdoável". No ano passado, Biden já havia classificado o presidente russo como um assassino.

Zelensky pediu auxílio militar ao Congresso dos EUA

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, pediu para que os americanos aumentem a doação de equipamentos militares e criem uma nova aliança de países. Segundo ele, as instituições concebidas após a Segunda Guerra Mundial já não são suficientes. Também afirmou: "Lembrem de Pearl Habor. Lembrem do 11 de Setembro, quando o mal tentou transformar suas cidades, territórios independentes, em campos de batalha". Em discurso emotivo ao Congresso dos EUA, Zelensky mostrou vídeos dos ataques ocorridos em território ucraniano desde o início da guerra, em 24 de fevereiro (assista aqui)

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://magoonews.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp