16/03/2022 às 19h25min - Atualizada em 16/03/2022 às 22h00min

Conselho Consultivo da Escola Técnica Tupy debate os rumos da educação técnica

Em encontro nesta semana, grupo se reuniu e confirmou dados de pesquisa nacional: as empresas querem profissionais com conhecimento prático

SALA DA NOTÍCIA GRAZIELA JANAINA LINDNER DE SOUZA
www.ett.com.br
Divulgação/ETT
Seis em cada dez empresas brasileiras consideram o ensino técnico um diferencial na hora da contratação. Mais de 80% dos jovens entre 18 e 27 anos que optaram por essa formação estão empregados contra 76,8% de quem têm apenas o ensino médio. O salário também é quase 20% superior para profissionais técnicos, em média.

Os dados fazem parte de um estudo da Fundação Roberto Marinho, Itaú Educação e Fundação Arymax divulgado nesta semana. Em Joinville, na Escola Técnica Tupy, esses índices são ainda melhores: mais de 90% dos estudantes conseguem um emprego antes mesmo da formatura.

Uma das estratégias da ETT para manter o alto desempenho e garantir que o modelo educacional esteja alinhado às demandas do mercado é contar com um Conselho Consultivo, que se reúne semestralmente. Na terça-feira, dia 15/3, o grupo de empresários, CEOs, consultores, gestores e representantes de grandes indústrias e instituições da região participaram da primeira reunião do ano.

Durante duas horas, direção, gerência e coordenação da escola apresentaram ações e projetos para 2022 e debateram com o Conselho Consultivo as estratégias para aproximar os estudantes da realidade das empresas. “Sabemos da necessidade da indústria em atrair e reter talentos e a porta de entrada é a escola técnica, por isso, os encontros com os conselheiros são sempre ricos e fundamentais”, avalia o diretor da ETT, Flávio Sartori.

Expansão e inovação

A inovação impulsiona a Escola Técnica Tupy, que alia a tradição de seus mais de 60 anos de história com novos métodos de ensino. Referência na educação técnica em Santa Catarina, a instituição ampliou e modernizou sua estrutura e, atualmente, conta com dois campi em Joinville: Campus Park/Boa Vista e Campus Anita Garibaldi.

A iniciativa aproxima os estudantes do nível técnico ao ecossistema da graduação, favorecendo a troca de experiências, conhecimentos e novos relacionamentos. O projeto de expansão da ETT prevê ainda a abertura de cursos técnicos em outras cidades do Estado até o final deste ano.

Metaverso na educação

O investimento na aquisição de máquinas, equipamentos e na infraestrutura dos laboratórios é outro destaque. “Vamos contar com um novo complexo de laboratórios da engenharia, a ser inaugurado em breve, e nossa meta é estreitar o relacionamento com as indústrias da região”, diz Sartori.

Outra aposta inovadora é o uso do metaverso como ferramenta de educação. “Além dos laboratórios, queremos inserir a alta tecnologia no ensino técnico, possibilitando que nossos estudantes de todas as áreas, da saúde à metalmecânica, possam fazer simulações ou atividades práticas em um universo virtual cheio de potencialidades a serem exploradas”.

Ensino dual

O coordenador da ETT, Jeferson Marcelo da Silva, lembra que a conexão entre o ensino e o mundo do trabalho faz toda a diferença na formação dos profissionais. Por isso, a Escola Técnica Tupy aposta em inovação, tecnologia e no ensino dual, que garante a parceria com indústrias e outras instituições. “Temos um imenso capital humano, formado por professores e alunos capazes de contribuir de forma efetiva na solução de problemas do dia a dia das empresas”, afirma.

O ensino dual alia teoria e prática, apostando no conceito mão na massa. Além dos 11 cursos técnicos que compõem o portfólio atual da escola, a ETT oferece capacitações in company para empresas interessadas no aperfeiçoamento de seus profissionais.

Resgate histórico

Entre as novidades preparadas pela Escola Técnica Tupy em 2022 estão uma exposição fotográfica, o desenvolvimento de um novo site e a produção de um documentário que revisita a história da instituição.

As entrevistas, captação de imagens, roteiro e edição são capitaneadas pelo professor dos cursos de Cinema, Jornalismo e Publicidade/Propaganda da UniSociesc, Fabrício Porto. O lançamento do documentário está previsto para agosto. Em dezembro, está confirmada a tradicional Festa do Fundidor, que nos últimos dois anos teve de ser suspensa em função da pandemia.

Para conferir os cursos técnicos oferecidos pela ETT, acesse www.ett.com.br
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://magoonews.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp