11/09/2021 às 07h58min - Atualizada em 11/09/2021 às 07h58min

Desabastecimento de vacina da AstraZeneca suspende aplicação em cidades de 5 estados

Segundo levantamento feito pelo G1, estavam sem o imunizante nesta sexta-feira (10) os municípios dos seguintes estados: São Paulo, Rio Grande do Norte, Tocantins, Rondônia e Mato Grosso do Sul.

G1
G1

A aplicação da segunda dose da vacina de Oxford/AstraZeneca contra a Covid-19 foi suspensa em diversas cidades no Brasil devido à falta do imunizante, de acordo com um levantamento feito pelo G1 nesta sexta-feira (10). Há postos suspensos em 5 estados brasileiros: São Paulo, Rio Grande do Norte, Tocantins, Rondônia e Mato Grosso do Sul.

Na cidade de São Paulo, o desabastecimento já chega a quase 100% dos locais autorizados para a aplicação. A vacinação no Espírito Santo, em Minas Gerais e em Santa Catarina poderá ser interrompida na próxima semana, caso não haja novas remessas da AstraZeneca.

EUA tornam obrigatórios vacinas ou testes regulares em empresas com mais de 100 funcionáriosTerceira dose não deve ser para todos, diz criadora da vacina de Oxford

O motivo da falta de doses disponíveis está associado ao atraso na entrega do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA), componente utilizado para produzir a vacina, à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Devido a esse atraso, a fundação anunciou no dia 3 de setembro que ficaria duas semanas sem entregar novas remessas ao Ministério da Saúde. O composto é importado da China.

 

Veja como está a situação do desabastecimento da AstraZeneca por estado:

Rio Grande do Norte

No Rio Grande no Norte, a vacinação foi suspensa em Mossoró, segunda maior cidade do estado, nesta sexta-feira (10), devido a falta de doses.

Tocantins

A segunda dose da vacina AstraZeneca está em falta nas unidades de saúde de Palmas, Gurupi e Porto Nacional. As prefeituras confirmaram, nesta sexta-feira, que os imunizantes da Oxford estão indisponíveis.

Rondônia

Em Rondônia, a vacinação com o imunizante da AstraZeneca foi suspensa em Porto Velho devido à falta de estoque, informou a Secretaria Municipal da Saúde (Semusa).

São Paulo

Na cidade de São Paulo, a vacinação foi interrompida por conta da falta do imunizante nos postos de saúde. Ao todo, são mais de 200 mil pessoas com a segunda dose da vacina AstraZeneca em atraso. Nesta sexta-feira, quase 100% dos postos já não tinham mais nenhuma dose disponível para essa população.

Mato Grosso do Sul

Pelo menos 5 cidades de Mato Grosso do Sul estão sem estoque da vacina da AstraZeneca, segundo apuração da TV Morena.

Espírito Santo

De acordo com a Secretaria da Saúde do Espírito Santo (Sesa), até esta sexta-feira, todas as primeiras doses tiveram as segundas doses correspondentes enviadas aos municípios. No entanto, "a partir da próxima semana o estado dependerá das remessas do Ministério da Saúde (...). Se houver descontinuidade de distribuição, o estado terá dificuldades em finalizar o esquema vacinal contra Covid".

Minas Gerais

Em nota, a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES) informou que, até o momento, não recebeu, por parte do Ministério da Saúde, documento informando sobre falta da vacina AstraZeneca para a segunda dose (D2).

Santa Catarina

A prefeitura de Florianópolis informou que ainda não está sofrendo com a falta de insumos para a aplicação da segunda dose de AstraZeneca, mas afirma que não tem volume suficiente para a aplicação de novas primeiras doses.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://magoonews.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp