Magoo News Publicidade 1200x90
01/12/2021 às 09h11min - Atualizada em 01/12/2021 às 09h11min

Alegre expectativa – o que há de vir?

Igreja Matriz Nossa Senhora da Saúde

Assessoria
Assessoria
Comunicação Social Fotógrafos: Filipe Augusto e Hugo Barcelar

O Advento é um tempo festivo no coração do cristão católico. Ainda que a gente saiba todo ano o que vem, espera sempre por este “o que há de vir” – no alento anual de renovar e reforçar nossas esperanças. É o Tempo que nos fala do futuro, da vinda que ainda será (Parusia). Mas que fala também do presente, da história de um Cristo que nunca deixou de caminhar com os seus. E culmina, glorioso, no tempo do Menino Deus. O Advento é passado, presente e futuro.

Portas abertas

Nesta terça-feira, 30/11, a Igreja Matriz Nossa Senhora da Saúde foi “palco” de vários olhares. Um deles muito especial, de alguém que aprendeu a enxergar para além do que nos parece tão comum e casual.

Empresária, pesquisadora, colecionadora de arte e empreendedora cultural – Angela Gutierrez está à frente de um dos mais renomados institutos brasileiros, o Instituto Cultural Flávio Gutierrez.

A convite do prefeito Marco Antônio Lage, ela esteve em Itabira para conhecer um pouco do acervo sacro das paróquias Nossa Senhora da Saúde e Nossa Senhora do Rosário.

Acompanhada por uma *comitiva do município, pelo Padre Adriano Mendes de Pinho (representante da Diocese de Itabira-Coronel Fabriciano) e “pelo braço direito” Ana Beatriz, também do Instituto, Angela passou pela Cúria Diocesana, pela Igreja do Rosarinho, Museu de Itabira e Casa de Drummond, encerrando as visitas na Igreja Matriz da Saúde.

Por entre santos(as)

Um observador desinteressado talvez não prestasse atenção “num” gesto que diz muito para quem é católico: o sinal da cruz. Pois foi exatamente o sinal símbolo da fé no crucificado que Angela fez ao entrar pela porta principal desta casa.

Devota declarada de Sant’Ana, ela não perdeu de vista a obra que ocupa o lugar de destaque no altar-mor: a imagem de Nossa Senhora da Saúde. Ficou, literalmente, encantada.

As motivações que trouxeram Angela Gutierrez a Itabira são frutos de uma conversa inicial entre o *Padre Paulo Marcony Duarte Simões, pároco da Saúde, e o prefeito de Itabira, Marco Antônio Lage. O encontro aconteceu em julho deste ano e foi intermediado pela cerimonialista Magui Ferreira, grande colaboradora da paróquia.

A partir de uma conversa preliminar, o prefeito Marco Antônio não apenas acolheu a sugestão do Padre Paulo Marcony de tornar o acervo mais acessível aos itabiranos, como logo vislumbrou a possibilidade de criação de um Museu de Artes Sacras do município.

Expectativa x Realidade

Cada membro da comunidade paroquial tem sua própria relação com o templo e tudo que está dentro dele. Há os pequenos e grandes apegos. Aquele amor que se desdobra em êxtase diante do sacrário; ou dos joelhos dobrados e terço na mão de quem tece orações diante das belíssimas imagens do Senhor dos Passos e Nossa Senhora das Dores. Cada um de nós tem seu pedacinho ou seu cantinho de apego neste templo.

Por isso mesmo, e tantas vezes, não nos damos conta do quão privilegiados somos por ver todos os dias essas obras, que fazem parte da história e da construção da nossa comunidade de fé. Mas também, da história de uma Itabira de outros tempos, outro século.

É este olhar profissional da Angela Gutierrez, mas nem por isso menos apaixonado, que promete alavancar a ideia do Museu de Arte Sacra de Itabira. Uma “belíssima surpresa” – como ela mesmo definiu diante das peças e bens tombados -, que abre possibilidades para a criação de um museu importante, “com peças de qualidade”. “O instituto pode fazer um belo projeto que será submetido a aprovação do prefeito e da diocese”.

Alegre expectativa

A confiança cristã de que “cada coisa tem o seu tempo”, ou acontece no “tempo certo”, é o que nos permite superar muitas dificuldades diárias, acreditar nos sonhos e na possibilidade de vê-los, algum dia, realizados.

E é exatamente neste tempo tão propício para as expectativas e alegrias que uma boa notícia como essa nos chega, tal como um presente de Natal, embrulhada e embalada dentro de muitas caixinhas. Vamos desembrulhá-las juntos, acompanhando cada etapa da gestação de um museu que entre outras, vai abrigar também nossas imagens, paramentos, alfaias e objetos litúrgicos que, mais do que só história, traduzem o amor da nossa comunidade de fé.

* Secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Breno Pires; a secretária municipal de Esportes, Lazer e Juventude, Natália Lacerda; a representante da Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade, Solange Alvarenga; a Diretora do Patrimônio Histórico, Daniele Miranda; da comunicação da prefeitura, a jornalista Denize Carvalho, Felipe Augusto e Hugo Barcelar; cerimonial, Magui Ferreira

* O pároco Pe. Paulo Marcony não pode acompanhar a visita na Matriz Nossa Senhora da Saúde porque estava em um compromisso pré-agendado fora do município de Itabira.

As fotos abaixo foram cedidas pela Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Itabira. Fotógrafos: Filipe Augusto e Hugo Barcelar


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://magoonews.com.br/.
Magoo News Publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp