Magoo News Publicidade 1200x90
10/06/2024 às 16h01min - Atualizada em 11/06/2024 às 00h00min

V/Cert adota HSM com algoritmo pós-quântico da Kryptus

Atualização do kNET HSM oferece proteção de longo prazo contra quebra de criptografia de assinaturas digitais por computadores quânticos

GENILSON OLIVEIRA
Imagem: Depositphotos

À medida que a computação quântica avança, aumentam os esforços da indústria de tecnologia da informação em se antecipar às ameaças e incorporar soluções capazes de se contrapor a máquinas que poderão, em um futuro próximo, quebrar esquemas de assinatura digital tradicionais, como RSA e ECC – algoritmos criptográficos altamente utilizados em aplicações de segurança. Empenhada em prover proteção contínua aos dados de seus clientes, a V/Cert, líder em certificação digital, integrou a seus processos o hardware de segurança (HSM) embarcado com algoritmo pós-quântico kNET, da Kryptus, multinacional brasileira de criptografia e segurança cibernética.

“Como Prestadores de Serviço de Suporte (PSS) e Prestadores de Serviço de Certificação (PSC) devidamente credenciados pela ICP-Brasil, entendemos a necessidade de tratar os dados e serviços como ativos essenciais. Por isso, buscamos sempre adotar tecnologias que  permitam criar experiências digitais mais seguras e compatíveis com as necessidades de nossos clientes e parceiros”, afirma Márcio Nunes, diretor de certificação digital da V/Cert.

Além de ampliar as capacidades do kNET ao adicionar uma camada extra de proteção, a implementação do algoritmo pós-quântico CRYSTALS-Dilithium proporciona segurança robusta de longo prazo para organizações que já se preparam para a transição de seus sistemas de assinatura digital.

“Espera-se que o algoritmo de Shor para computadores quânticos realize a quebra do RSA e do ECC em torno de 10 a 20 anos. Por isso, órgãos reguladores, como o NIST, dos Estados Unidos, têm se empenhado na padronização de algoritmos pós-quânticos capazes de resistir aos ataques desses computadores no futuro”, explica Sinara Pamplona, coordenadora técnica do kNET HSM. 

Nunes completa: “Vemos a evolução criptográfica no dia a dia, e não há como pensar nas tendências aplicadas e vislumbradas com Inteligência Artificial – com as novas experiências transacionais e maior vivência digital das pessoas –, sem considerar novas técnicas computacionais para atribuir maior proteção ao ecossistema digital de cada indivíduo.”

O executivo da V/Cert observa que empresas de todos os portes precisam de ferramentas criptográficas mais poderosas no longo prazo. “Novos modelos de identificação, autenticação e de provas digitais implicam novos desafios e requerem maiores níveis de segurança, portanto a funcionalidade adicional de algoritmo pós-quântico do kNET pode trazer maior produtividade e proteção aos ciclos de processamentos de dados.”

Clientes que já contam com a ampla gama de funcionalidades criptográficas do kNET HSM da Kryptus também poderão atualizar o software para a versão mais recente.


Notícia distribuída pela saladanoticia.com.br. A Plataforma e Veículo não são responsáveis pelo conteúdo publicado, estes são assumidos pelo Autor(a):
GENILSON ALVES DE OLIVEIRA
[email protected]


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://magoonews.com.br/.
Magoo News Publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp