07/11/2021 às 13h11min - Atualizada em 07/11/2021 às 14h00min

Recusa em usar máscara, falta de disciplina, ausência dos responsáveis: monitoras relatam dificuldades do Rota Escolar

Alinhamento foi feito junto à Secretaria de Educação, Procuradoria Jurídica e Enscon Viação para melhoria constante do serviço

Notícia1
https://noticia1.com/noticia/812/recusa-em-usar-mascara-falta-de-disciplina-ausencia-dos-responsaveis-monitoras-relatam-dificuldades.html
Na manhã deste sábado (6), representantes da Prefeitura de João Monlevade, por meio da Secretaria Municipal de Educação e da Procuradoria Jurídica se reuniram com as monitoras do transporte escolar (Rota), bem como o representante da Enscon, Alex Jordaine do Nascimento. O encontro teve como objetivo ouvir as necessidades e o olhar das profissionais diante do número de notificações recebidas pela Secretaria Municipal de Educação quanto ao transporte escolar, bem como definir estratégias que deverão ser adotadas nos próximos dias para sanar os problemas. Importante destacar que a partir de quarta (10), na rede municipal, haverá retorno das aulas 100% presenciais, sem escalonamento.

Segundo as monitorias ,um dos principais problemas do transporte escolar tem sido o atraso dos ônibus devido a fila que se forma para higienização das mãos e para aferição da temperatura corporal de cada estudante ao entrar no veículo.

Além disso, elas comentaram que tem sido frequente levar as crianças menores até a residência, pois nenhum pai ou responsável estava no ponto de desembarque para recebê-las, o que acaba gerando um tempo maior para que os demais alunos que estão no ônibus cheguem em casa. As monitoras também falaram sobre a falta de disciplina de alguns adolescentes, bem como a recusa de alguns em se usar máscaras de proteção.

Sugestões

A secretária municipal de Educação, Maria do Sagrado Coração Rodrigues, reforçou durante o encontro a possibilidade de se colocar um número maior de ônibus para atender a demanda de estudantes. Além disso, ela sugeriu a criação de um diário de bordo que ficará com cada monitora para que sejam anotadas todas as ocorrências. Também foi proposto que a higienização das mãos seja feita com todos os alunos já sentados e assim diminua o tempo da viagem. Além disso, será obrigatório a presença de um responsável que busque as crianças dos anos iniciais nos pontos de desembarque, além da cobrança de uniforme dos alunos para que sejam identificados com maior facilidade pelas monitoras quando estão na via pública.

Maria do Sagrado explicou que os erros deverão ser corrigidos o mais rápido possível e lembrou que nos próximos dias, o número de alunos será maior com as aulas 100% presenciais e sem escalonamento.

Acolhimento

Após a reunião, a coordenadora do transporte escolar da Secretaria Municipal de Educação, Fernanda Lana, comentou que as monitoras elogiaram bastante o encontro e o acolhimento da Prefeitura de João Monlevade , por meio da Secretaria municipal de Educação e da Procuradoria Jurídica. “E esse acolhimento é que pedimos também para que elas tenham com os alunos nos ônibus. Algo que sabemos que tem sido feito, mas pedimos sempre o carinho de todas para com eles”, explicou .



Fonte: https://noticia1.com/noticia/812/recusa-em-usar-mascara-falta-de-disciplina-ausencia-dos-responsaveis-monitoras-relatam-dificuldades.html
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://magoonews.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp