Magoo News Publicidade 1200x90
19/03/2024 às 16h14min - Atualizada em 20/03/2024 às 08h03min

Cinco dicas para transformar a casa em uma Smart Home

Especialista da Nice explica os passos para simplificar as atividades e hábitos do dia a dia por meio da automação

BCW
Divulgação
A tecnologia está cada vez mais integrada a nossa rotina, e a casa não é exceção. Com o avanço da Internet das Coisas (IoT) e de dispositivos conectados, a ideia de uma casa inteligente tornou-se uma realidade. De simples soluções às mais robustas, transformar a casa em uma Smart Home não é apenas sobre adicionar gadgets; trata-se de criar um ambiente mais eficiente, seguro e confortável.

Mas quais os passos para transformar uma casa em Casa Inteligente? A Nice, empresa líder global em soluções de gestão doméstica, dá a dica para quem quer simplificar e transformar o dia a dia a partir de um espaço verdadeiramente inteligente e conectado.

1. Tenha uma conexão wi-fi confiável

De acordo com com Thiago Nizzola, diretor de P&D da Nice Brasil, o primeiro passo fundamental é garantir que haja uma conexão Wi-Fi confiável na casa. “Uma boa rede é essencial para o funcionamento eficaz dos dispositivos inteligentes”, comenta. A partir daí, é crucial entender as necessidades específicas da casa e as rotinas diárias de seus moradores para implementar soluções eficientes.

2. Escolha um sistema de automação integrado

O segundo passo para transformar sua Casa Inteligente é escolher o sistema que vai integrar todas as soluções. A Nice, por exemplo, disponibiliza no Brasil o Yubii Home, um gateway de automação residencial intuitivo, personalizável e de fácil instalação, aberto à integração com mais de 3 mil dispositivos de outras marcas.

Ou seja, a partir dele os usuários podem controlar e gerenciar diversos aparelhos e cenários de automação por meio do aplicativo Yubii App, que pode ser instalado em tablets, smartphones ou smartwatches. Essa integração acontece também por assistentes de voz, como o Google Home, Alexa e Siri, oferecendo conveniência, conforto e possibilitando o gerenciamento remoto das funções domésticas de qualquer lugar com um simples clique, verificando o status e recebendo notificações em tempo real.

3. Comece pela segurança

Sem dúvida, o mais básico dos itens é começar pela segurança. Segundo o especialista da Nice, é importante entender quais são os pontos da casa que merecem atenção. Para quem mora em casas com áreas externas com quintais e/ou jardim, uma dica é buscar por eficiência na iluminação. Quais pontos da casa geralmente ficam mais escuros? Como mostrar que a casa não está vazia? São perguntas assim que darão o norte para instalar as primeiras soluções. “É possível garantir, por exemplo, que todas as noites a área externa acenda sozinha, dentro de um período de tempo para trazer mais segurança aos moradores”, explica Nizzola.

Outra questão, quando o assunto é segurança, envolve o acesso à casa. Ter um portão automatizado não traz apenas facilidade, mas também elimina possíveis problemas. Quantas vezes você já saiu de casa e se perguntou se deixou o portão aberto? Pois bem, com a automação, questões assim são resolvidas com um simples controle remoto ou a partir de um aplicativo no celular, por exemplo.

De acordo com Nizzola, uma das vantagens da automação residencial é poder facilitar processos do dia dia. Por meio do Yubii Home, por exemplo, é possível que você coordene itens para funcionarem em horários pré-determinados, ligando ou desligando automaticamente aparelhos domésticos, emitindo alertas e avisando sobre itens que são essenciais para a segurança da casa. “Um exemplo prático é, caso eu não queira mais usar o controle remoto e queira que o meu portão abra quando eu estiver a 10 metros de distância da minha casa, é possível configurar o Yubii Home para isso”, explica o diretor de P&D.

Além disso, ao integrar o Yubii Home e o Yubii App às câmeras da casa, é possível monitorar a casa de qualquer lugar do mundo, desde que tenham acesso à internet. Outra possibilidade é acionar alarmes com o Controle de Segurança via Yubii. Com isso, em caso de detecção de alguma atividade anormal, o sistema envia uma notificação ao usuário em seu celular, permitindo uma rápida resposta, como acionar a polícia ou vizinhos.

4. Identifique seus hábitos diários

Um outro passo é pensar nos seus hábitos e como deixá-los mais convenientes. Para quem adora passar momentos relaxantes diante da televisão, por exemplo, é possível criar cenários e programar televisores, home theaters e iluminação de forma simples com a instalação de um módulo como o Switch On/Off-Control, que controla diversas cargas com comportamento liga/desliga, sejam elas circuitos de iluminação ou tomadas.

O nível e tons da iluminação do ambiente também é facilmente controlado ao integrar o Dimmer-Control e o RGBW-Control, assim como a abertura ou fechamento de persianas com o Roll-Control – todos controlados e integrados ao Yubii Home para trazer a sensação de aconchego.

Já quem gosta de chegar em casa e imediatamente ligar o ar-condicionado, especialmente nos dias quentes, conta com o Smart-Control, um pequeno dispositivo universal, fácil de instalar, para tornar os dispositivos convencionais em eletrodomésticos inteligentes para controlar o equipamento. Dessa forma é possível ajustar o nível de calor desejado e programar os horários de ativação do aparelho via aplicativo para gerenciar facilmente a temperatura dentro da residência. “A partir da necessidade de cada família, é possível instalar sensores e dispositivos específicos que vão tornar os momentos do dia a dia muito mais confortáveis”, diz Thiago Nizzola.

5. Use a tecnologia para economizar

A flexibilidade e personalização da Casa Inteligente também proporciona liberdade para criar ambientes que, além de trazerem mais segurança e conforto, ajudam na economia de energia e contribuem para um futuro mais verde. Ao contrário do que muitos pensam, a automatização é uma aliada na redução do consumo de energia, uma vez que permite utilizar os dispositivos eletrônicos de maneira mais eficiente e inteligente.

O Smart-Control, dispositivo que torna qualquer equipamento em um aparelho inteligente é um ótimo aliado neste sentido, sendo a solução perfeita e econômica para quem deseja medir o consumo de cada aparelho conectado em casa e evitar que dispositivos convencionais fiquem ativados sem a real necessidade de uso.

Outra possibilidade é utilizar o gerenciamento a partir do sistema Yubii para programar que os eletrodomésticos que mais consomem eletricidade em casa, como lavadora e secadora, lava-louças e iluminação, por exemplo, sejam ativados somente nos horários mais baratos do dia, evitando picos de consumo de energia. 

Por fim, o especialista da Nice explica que transformar uma casa numa Smart Home é menos complexo do que se poderia imaginar, graças à modularidade do sistema fornecido pela Nice. "É muito comum que as pessoas automatizem gradualmente a sua casa, uma divisão de cada vez. Com a experiência de algumas soluções, elas começam a desmistificar a automação e a entender como a tecnologia pode ser uma aliada no dia a dia", analisa Thiago Nizzola.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://magoonews.com.br/.
Magoo News Publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp