04/11/2021 às 08h47min - Atualizada em 04/11/2021 às 08h47min

A Organização Mundial da Saúde (OMS) aprovou hoje o uso emergencial da Covaxin, vacina contra a Covid produzida pela indiana Bharat Biotech

G1
G1

Combate à Covid 

 A Organização Mundial da Saúde (OMS) aprovou hoje o 
uso emergencial da Covaxin, vacina contra a Covid produzida pela indiana Bharat Biotech. O imunizante não é usado no Brasil. Segundo a OMS, a Covaxin é recomendada para os maiores de 18 anos e não deve ser aplicada em grávidas. Ela tem eficácia de 78% em todos os estágios de infecção por coronavírus (de leve a grave). Ainda segundo a entidade, a vacina é facilmente armazenada, requisito importante para países de baixa e média renda.

Com isso...

São agora sete as vacinas aprovadas pela OMS para uso emergencial. Veja quais são as outras:
  • Pfizer (usada no Brasil)
  • Oxford/AstraZeneca nas versões produzidas na União Europeia e pelo Instituto Serum (usada no Brasil)
  • Johnson (usada no Brasil)
  • Sinovac/CoronaVac (usada no Brasil)
  • Moderna
  • Sinopharm
E vale lembrar que...

O governo brasileiro chegou a negociar doses da Covaxin, mas a compra foi suspensa após denúncias de irregularidades. O contrato de compra foi suspenso pelo Ministério da Saúde depois que uma série de supostas irregularidades veio à tona em meio à CPI da Covid. Em julho, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) decidiu encerrar o processo sobre o pedido de uso emergencial dessa vacina.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://magoonews.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp