02/11/2021 às 08h26min - Atualizada em 02/11/2021 às 08h26min

COP26: Reduziremos gases de efeito estufa em 50% até 2030 diz ministro do Meio Ambiente

Inicialmente, a proposta do governo era apresentar uma redução entre 45% e 48% das emissões até o final da década

Raphael Coraccinida CNN
https://www.cnnbrasil.com.br/internacional
Joaquim Leite

O ministro do Meio Ambiente, Joaquim Leite, apresentou, na manhã desta segunda-feira (1º), as metas do Brasil na COP26, mais ousadas do que as cogitadas inicialmente. Segundo o ministro, o Brasil deve reduzir 50% das emissões de gases de efeito estufa até 2030 e neutralizar as emissões de carbono até 2050.

“Apresentamos hoje uma nova meta climática, mais ambiciosa, passando de 43% para 50% até 2030; e de neutralidade de carbono até 2050, que será formalizada durante a COP26”, disse o ministro na manhã. “Reforço nossos compromissos com a geração de uma economia neutra em emissões de gases de efeito estufa, mas ao mesmo tempo garantindo geração de empregos e renda”, completou Leite.

Inicialmente, a proposta do governo era apresentar uma redução entre 45% e 48% das emissões até o final da década, conforme antecipou o analista de assuntos internacionais da CNN, Lourival Sant’Anna, no domingo (31). Havia ainda a expectativa de que o Brasil não firmasse nenhuma decisão relacionada à neutralização das emissões de carbono até a metade do século.

COP26: em clima de urgência e pressão crescentes, cúpula começa neste domingo Boris Johnson deve anunciar R$ 7,7 bilhões no combate às mudanças climáticas COP26 é o momento para o Brasil ganhar centralidade, diz especialista

O ministro condicionou a realização das metas a entrada de dinheiro. “Financiamento é urgente para que o mundo possa fazer frente aos desafios apresentados. É fundamental que tenhamos robustos volumes, e nas quantidades necessárias, para que a transição e a construção desta nova economia ocorram de forma justa, em cada região do planeta.”

Leite disse ainda que, no Brasil, a responsabilidade maior está com quem tem mais dinheiro. “Os mais ricos e desenvolvidos devem ser mais ambiciosos nas suas curvas de redução de emissões para a neutralidade até 2050, para, juntos, atuarmos como uma nação unida, na direção de criar uma economia verde justa e inclusiva.

O presidente Jair Bolsonaro participou via vídeo gravado e disse que a proposta para os próximos anos é “transformar o Brasil em uma potência verde”. “O Brasil é parte da solução (para as metas climáticas) e os resultados alcançados até 2020 mostram que podemos ser mais ambiciosos”.

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://magoonews.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp