Magoo News Publicidade 1200x90
19/01/2024 às 18h13min - Atualizada em 19/01/2024 às 18h13min

PEM entrega mais de 18 mil fraldas descartáveis para a Secretaria de Educação

As fraldas serão distribuídas para as 22 creches de Itabira. Serão contemplados os Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI) e as creches conveniadas

ASCOM
Edmara Silva, Evandro Carlos e Marília Braga (PEM) - Laura Souza (Sec. Educação) e Vinícius Rocha (Sec. Desenvolvimento Econômico)

A Secretaria Municipal de Educação (SME) recebeu na manhã desta sexta-feira (19), um lote com 18.660 fraldas descartáveis infantis, que serão utilizadas nas creches do Município. O repasse foi possível por meio de um termo de fomento entre a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Inovação e Turismo (SMDECTIT) e o Polo Econômico da Mulher (PEM).

De acordo com a SME, cerca de 2 mil crianças de até três anos serão beneficiadas. “As fraldas serão entregues nas creches próprias e conveniadas e estarão disponíveis para uso durante o período de funcionamento, gerando diminuição do quantitativo enviado pelas famílias, promovendo a economia para as mães. É uma iniciativa importante e vai ajudar muito essas famílias” afirma a secretaria de Educação, Laura Souza.

O PEM produz além de fraldas infantis, fraldas geriátricas e absorventes higiênicos. Todos os produtos fabricados terão destinação social no município.

PEM

A fabricação de fraldas e absorventes higiênicos é um projeto do PEM, que tem a parceria da Prefeitura de Itabira, por meio do termo de fomento com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico. A fábrica Maria Cassemira, instalada no bairro Pedreira do Instituto, emprega na atualidade 15 mulheres do bairro, que ainda passaram por qualificação. A iniciativa tem o objetivo de impulsionar o empreendorismo feminino, além de fortalecer o vínculo familiar para mulheres em situação de vulnerabilidade.

A fábrica foi inaugurada em junho de 2023 e o bairro Pedreira foi escolhido para a instalação do projeto pelo grande número de mulheres em situação de vulnerabilidade. Atualmente o projeto tem capacidade de produzir 5 mil unidades de fraldas e absorventes por mês.

O nome da fábrica é uma homenagem a primeira mulher empresária de Itabira, Maria Cassemira. Ela era a principal acionista da Fábrica de Tecidos do Pedreira, inaugurada em 1988 e funcionou na comunidade até o ano de 1950.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://magoonews.com.br/.
Magoo News Publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp