Magoo News Publicidade 1200x90
27/10/2021 às 16h10min - Atualizada em 27/10/2021 às 16h10min

Anatel recebe 15 propostas para leilão do 5G; veja a lista das empresas

Edital aprovado do leilão envolve a venda de faixas de frequência para as operadoras

João Pedro Malardo CNN Brasil Business*Anna Russido CNN Brasil Business
https://www.cnnbrasil.com.br/
Leilão ocorrerá em 4 de novembro Foto de Z z/Pexels

A  Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) anunciou nesta quarta-feira (27) que recebeu 15 propostas de empresas que querem participar do leilão do 5G. Ele será realizado na próxima semana, no dia 4 de novembro.

As propostas foram feitas por operadoras com grande participação no mercado de telecomunicações, como Claro, Vivo (a partir da dona da marca, Telefônica) e TIM. Além delas, operadoras de médio porte e consórcios também demonstraram interesse em participar do leilão.

TIM prevê investimento extra de R$ 2,2 bi em 2022 por leilão 5G Entenda o que é o 5G e como está sua implementação no Brasil 5G deve impulsionar economia, mas implementação no Brasil precisa avançar

Confira a lista das 15 empresas que fizeram proposta:

O envio da proposta ainda não é uma garantia que todas as empresas participarão do leilão. Para ser credenciada, é necessário que a proposta cumpra as exigências do edital aprovado pela Anatel, além da entrega da documentação necessária.

O leilão do 5G prevê a venda das frequências de 700 MHz, 2,3 GHz, 3,5 GHz e 26 GHz, em blocos nacionais e regionais.

É a partir delas que as operadoras oferecerão os serviços de 5G, considerada uma nova geração da internet, para a população.

As vencedoras ficarão responsáveis pela compra e instalação de equipamentos e torres de transmissão para o sinal do 5G. Já o direito de exploração das faixas dura 20 anos.

As expectativas, e promessas, em torno do 5G são altas, e estão ligadas a algumas características dessa nova geração. É esperado que ela traga uma velocidade maior de conexão com aparelhos, uma baixa latência (tempo de resposta) e uma capacidade de conectar uma quantidade maior de dispositivos com uma única antena, mas em um raio menor.

Nesse sentido, o 5G é associado a aplicações como realidade aumentada, realidade virtual, a chamada internet das coisas com as conexões de vários dispositivos à internet, o desenvolvimento e crescimento de equipamentos autônomos, holografia e realização de atividades mais complexas a distância, como cirurgias.

Apesar disso, a chegada do 5G para todo o Brasil dependerá da instalação de mais antenas, em especial em localidades mais afastadas. Em outros locais, em especial grandes centros urbanos, será possível aproveitar as torres já existentes.

Segundo especialistas, os consumidores ainda devem demorar um pouco para notar as mudanças que o 5G trará. O principal fator para isso é a falta de dispositivos acessíveis com conectividade 5G, e a falta de aplicações no dia a dia para produtos e tecnologias ligados a ele.

*Sob supervisão de Thâmara Kaoru

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://magoonews.com.br/.
Magoo News Publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp